Gerenciamento além dos Lucros: Controle Contábil em uma entidade sem fins lucrativos

Fabrício Ramos Neves, Jaqueline Souza Carvalho, Fabrícia da Cruz Vieira

Resumo


Mesmo voltadas para o social, empresas do Terceiro Setor possuem processos que precisam de controle e divulgação a seus diversos interessados, e a contabilidade é uma das ferramentas que contribuem para uma ação positiva perante a sociedade. O objetivo do artigo é identificar se os processos contábeis da entidade estão alinhados às Normas Brasileiras de Contabilidade Aplicadas ao Terceiro Setor - ITG 2002. Foi realizada pesquisa exploratória e descritiva por meio de entrevista semiestruturada com os administradores da organização, além de análise de conteúdo de documentos da organização. Mesmo mencionados como importantes pelos gestores, observou-se que eles não têm conhecimento total sobre as demonstrações contábeis no gerenciamento da entidade. Ficaram evidenciadas inconsistências de algumas operações e uso restrito dos demonstrativos, usados cerimonialmente para exigências legais. Concluiu-se que os relatórios de cunho financeiro são os de maior entendimento dos administradores, enquanto que as demonstrações contábeis se apresentam em um grau de compreensão inferior, sendo relegados, o que implica na falta de utilização da informação contábil no processo de gerenciamento da entidade.


Palavras-chave


Gestão; Demonstrativos Contábeis; Terceiro Setor

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.12662/2359-618xregea.v7i2.p151-167.2018

Direitos autorais 2018 Revista Gestão em Análise

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Compartilhar igual 4.0 Internacional.
Unichristus 2016. Todos os direitos reservados.