A COMERCIALIZAÇÃO DOS RESÍDUOS SÓLIDOS URBANOS: O CASO DE CAMURUM

Mirian Assumpção Lima, Helton Cristian de Paula, Rômulo Perentoni Amorim

Resumo


O caso relata uma situação real sobre a comercialização de resíduos sólidos urbanos (RSU) em um município mineiro de pequeno porte. O processo de transição de um lixão para uma usina de triagem e compostagem (UTC) motivou uma disputa de interesses entre uma empresa, que pretendia se instalar na região, os comerciantes locais e os catadores que atuavam no lixão. Essa concorrência incentivou o secretário de Administração analisar as variáveis intervenientes na comercialização dos RSU municipais e a saída encontrada foi inusitada. Este caso de ensino pode ser utilizado para discussão, em especial da legislação, de temas relacionados à gestão de resíduos sólidos urbanos, principalmente no tocante à comercialização dos RSU e, a licitação e contratos que enfocam as modalidades de licitação que podem ser empregadas nesse processo.


Palavras-chave


Política Nacional de Resíduos Sólidos; Comercialização de Resíduos Sólidos Urbanos; Licitações e contratos

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.12662/2359-618xregea.v7i1.p182-192.2018

Direitos autorais 2018 Revista Gestão em Análise

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Compartilhar igual 4.0 Internacional.
Unichristus 2016. Todos os direitos reservados.