Efeito da rutina em modelo de depressão crônico induzido por corticosterona em camundongos

Emanuel de Araújo Pinheiro, Leonardo de Sabóia Sousa, Alyne Alves da Silva, Carolina de Paiva Farias, Silvania Maria Mendes Vasconcelos, José Eduardo Ribeiro Honório Júnior

Resumo


Introdução: a depressão é uma doença altamente prevalente na população mundial e apesar de não ter sua causa estabelecida, algumas teorias tentam esclarecer sua etiologia. A rutina é um flavonoide pertencente à classe dos flavonóis, que tem propriedades anti-inflamatória e antioxidante. Objetivo: avaliar os efeitos antidepressivos da rutina em um modelo crônico induzido por corticosterona em camundongos. Metodologia: foram utilizados camundongos Swiss fêmeas (25-30g) que receberam corticosterona 20mg/kg ou tween 3% por 21dias. Outros grupos receberam corticosterona por 14 dias e entre 15o ao 21o dia de tratamento, rutina (0,2, 2,0 e 10mg/kg) ou fluoxetina10mg/kg ou diazepam 1mg/Kg. Uma hora após a última administração, os animais passaram pelos testes de campo aberto, labirinto em cruz elevada e nado forçado. Após os testes, os animais foram sacrificados por decapitação e as áreas cerebrais córtex pré-frontal, hipocampo e corpo estriado dissecados. Para análise entre os grupos foi usado o teste “t” de Student e para comparação múltipla dos parâmetros utilizará a Análise de Variância (ANOVA). Resultados: a corticosterona foi capaz de induzir a depressão nos animais. No teste de campo aberto, a rutina 0,2, 2,0 e 10mg/kg reduziram a locomoção. A menor dose da rutina apresentou melhor resposta, aumentando o número de entrada e tempo de permanência no braço aberto no teste de labirinto em cruz elevada. Também reduziu significativamente o tempo de imobilização no teste de nado forçado. Conclusão: a substância apresentou atividades ansiolítica e antidepressiva.


Palavras-chave


Depressão; Corticosterona; Rutina

Texto completo:

PDFA


DOI: http://dx.doi.org/10.12662/2317-3076jhbs.v6i2.1454.p145-151.2018

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2018 Journal of Health & Biological Sciences

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Compartilhar igual 4.0 Internacional.
Fale Conosco
Unichristus 2016. Todos os direitos reservados.