Análise do índice BODE em pacientes com DPOC severa submetidos a um programa de reabilitação pulmonar

Juliana Roberto Gomes da Silva, Thiago Brasileiro de Vasconcelos, Raimunda Hermelinda Maia Macena, Vasco Pinheiro Diógenes Bastos, Maria Tereza Aguiar Pessoa Morano, Emília Maria Matos Rocha, Maria do Socorro Quintino Farias

Resumo


Introdução: A doença pulmonar obstrutiva crônica (DPOC) é classificada atualmente como importante causa de morbidade e mortalidade no mundo e está associada a importantes manifestações sistêmicas. O body mass index airway obstruction, dyspnea and exercise capacity (BODE) é um índice prognóstico de mortalidade mais utilizado atualmente, pois avalia as manifestações respiratórias e sistêmicas da DPOC. Objetivo: Analisar, através do índice de BODE, os pacientes com DPOC severa participantes de um Programa de Reabilitação Pulmonar. Metodologia: Estudo documental, retrospectivo e quantitativo. Analisou-se o índice BODE e suas relações com outras variáveis fisiológicas. A amostra foi composta por 29 prontuários do Programa de Reabilitação Pulmonar, e investigaram-se os seguintes registros: idade, sexo, índice de massa corporal, VEF1, índice de dispneia modificada, Teste de caminhada de seis minutos, SF-36 e do índice BODE. Resultados: Dos pacientes analisados, 48,3% (n = 14) eram do sexo feminino e 51,7% (n = 15) masculino; idade 66 ± 8,8 anos; IMC 25,1 ± 4,4 kg/m². Verificaram-se as seguintes diferenças VEF1 0,98 ± 0,4 e 0,95 ± 0,3 (p = 0,26); MRC 2,40 ± 1,0 e 1,76 ± 0,6 (p = 0,005); BODE 4,0 ± 1,7 e 3,29 ± 1,1 (p = 0,009); TC 6min 404,58 ± 110,4 e 439,96 ± 97,3 (p = 0,02) antes e após o Programa de Reabilitação respectivamente. A correlação entre o índice BODE e o TC6’ foi r = -0,51 e do índice BODE e VEF1 foi r = -0,81. Conclusão: Pode-se inferir que o Programa de Reabilitação Pulmonar modificou, de forma significativa, o índice de BODE influenciando a qualidade de vida dos pacientes.


Palavras-chave


Doença Pulmonar Obstrutiva Crônica; Índice de Gravidade de Doença; Reabilitação

Texto completo:

PDF/A


DOI: http://dx.doi.org/10.12662/2317-3076jhbs.v1i3.30.p108.2013

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2016 Journal of Health & Biological Sciences

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Compartilhar igual 4.0 Internacional.
Fale Conosco
Unichristus 2016. Todos os direitos reservados.