O câncer na perspectiva de cuidadores familiares e suas representações sociais
doi: 10.12662/2317-3076jhbs.v3i3.159.p159-164.2015

Silvio Eder Dias da Silva, Esleane Vilela Vasconcelos, Mary Elizabeth de Santana, Jeferson Santos Araújo

Resumo


Introdução: O câncer presente no indivíduo pode gerar diversas sensações na família, como medo, angústia e dor. O familiar cuidador em geral não está preparado para assumir tal dever, porém exerce um papel essencial na prática de cuidados ao paciente. Objetivo: A pesquisa objetivou identificar as representações sociais de cuidadores familiares de pacientes com câncer fora de possibilidades terapêuticas; e analisar suas implicações para o cuidado à saúde. Métodos: Trata-se de uma pesquisa descritiva com abordagem qualitativa. Foram entrevistados 30 cuidadores familiares que acompanhavam seus parentes internados na clínica de cuidados paliativos no Hospital Ophir Loyola, em Belém do Pará. Os dados foram obtidos por meio de uma entrevista semiestruturada e associação livre de palavras. Na análise do material, aplicou-se a análise temática. A pesquisa foi submetida ao Comitê de Ética da Escola de Enfermagem “Magalhães Barata” da Universidade do Estado do Pará sob protocolo CAAE–0048.0.321.000.11 de acordo com os preceitos da Resolução nº 196/96/CNS/MS. Resultados: Da análise das entrevistas emergiram quatro temas: Câncer uma doença silenciosa; A prevenção do câncer por exames; O câncer no cotidiano do cuidador; A experiência do familiar com câncer influenciando a maneira do cuidador ver a doença: o cuidado com a saúde. Conclusão: O cuidado ao indivíduo em estado terminal foi apresentado como uma tarefa árdua e exaustiva pelos cuidadores. Logo, a Enfermagem tem papel relevante nessa relação com esses cuidadores, seja na realização de orientações, seja proporcionando-lhes um cuidado mais adequado.


Palavras-chave


Câncer; Cuidados Paliativos; Psicologia Social; Enfermagem.

Texto completo:

PDFA


DOI: http://dx.doi.org/10.12662/2317-3076jhbs.v3i3.159.p159-164.2015

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2016 Journal of Health & Biological Sciences

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Compartilhar igual 4.0 Internacional.
Fale Conosco
Unichristus 2016. Todos os direitos reservados.