Atuação do enfermeiro em saúde mental na estratégia de saúde da família

Ricardo Otávio Maia Gusmão, Tiê Menezes Viana, Diego Dias de Araújo, Jaqueline D`Paula Ribeiro Vieira Torres, Rene Ferreira da Silva Junior

Resumo


Objetivos: conhecer a atuação do enfermeiro e os cuidados desempenhados em saúde mental na Estratégia de Saúde da Família. Método: estudo descritivo e qualitativo, tendo como cenário um polo de matriciamento em saúde mental. A coleta de dados foi realizada por meio de entrevista individual, com questionário semiestruturado. Resultados: os resultados obtidos foram agrupados e discutidos por meio das seguintes categorias: ações de enfermagem no campo da saúde mental desenvolvidas na Estratégia de Saúde da Família e apoio matricial em Saúde Mental como elemento facilitador da prática de enfermagem. Conclusão: os enfermeiros têm desenvolvido ações de enfermagem no campo da saúde mental na Estratégia de Saúde da Família, e o apoio matricial atua como principal elemento facilitador da prática de enfermagem, reafirmando a Reforma Psiquiátrica Brasileira. Em contrapartida, a sobrecarga de ações e a restrita formação em saúde mental são elementos que dificultam o trabalho desse profissional.


Palavras-chave


Enfermagem; Saúde mental; Atenção primária à saúde; Transtornos mentais; Cuidados de enfermagem

Texto completo:

PDFA


DOI: http://dx.doi.org/10.12662/2317-3076jhbs.v10i1.3721.p1-6.2022

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2022 Journal of Health & Biological Sciences

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Compartilhar igual 4.0 Internacional.
Fale Conosco
Unichristus 2016. Todos os direitos reservados.