Possíveis desfechos de longo prazo da Covid-19: uma revisão sistemática de escopo

Rosa Camila Lucchetta, Isabele Held Lemos, Ana Caroline Silva Santos, Helena Hiemisch Lobo Borba, Aline de Fátima Bonetti, Ana Luísa Rodriguez Gini, Layssa Andrade Oliveira, Roberto Pontarolo, Astrid Wiens, Patricia de Carvalho Mastroianni

Resumo


Objetivo: mapear os possíveis desfechos de longo prazo da COVID-19 no mundo. Métodos: em acordo com as recomendações do Joanna Briggs Institute, foi realizada uma revisão sistemática de escopo de estudos experimentais e observacionais com busca nas bases de dados PubMed e Scopus, complementada por busca manual. Resultados: de 5.325 registros, 121 atenderam aos critérios de elegibilidade, os quais incluíram 1.638 recuperados da COVID-19. Foram identificados 52 potenciais desfechos de longo prazo da COVID-19, principalmente disfunção olfatória (n=605), disfunção gustativa (n=372), dispneia (n=233) e lesões pulmonares (n=225). Entre os cuidados de longo prazo, destacam-se início de terapia medicamentosa, terapia de substituição renal e amputação. Conclusão: foram mapeados 52 possíveis desfechos de longo prazo da COVID-19 e recomendações de continuação de cuidados, que variaram de manifestações leves a graves com duração menor ou igual a um mês e maior que um mês.


Palavras-chave


COVID-19; Saúde Pública; Infecções por coronavírus; Avaliação de Resultados em Cuidados de Saúde; Assistência de Longa Duração

Texto completo:

PDFA


DOI: http://dx.doi.org/10.12662/2317-3076jhbs.v9i1.3977.p1-8.2021

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2021 Journal of Health & Biological Sciences

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Compartilhar igual 4.0 Internacional.
Fale Conosco
Unichristus 2016. Todos os direitos reservados.