Tendência temporal dos homicídios no Ceará, antes e durante a pandemia de Covid-19

Fernando Virgílio Albuquerque de Oliveira, Marizângela Lissandra de Oliveira Santiago, Renata Adele de Lima Nunes, Mabell Kallyne Melo Beserra, Francisco Thiago Carneiro Sena, Loyane Ellen Silva Gomes, Raimunda Hermelinda Maia Macena

Resumo


Objetivo: analisar a tendência temporal mensal da mortalidade por homicídios no estado do Ceará, antes e durante o isolamento social secundário à pandemia de COVID-19. Métodos: trata-se de um estudo ecológico com dados secundários públicos disponíveis do Sistema de Informação sobre Mortalidade (SIM) na plataforma do Departamento de Informática do Sistema Único de Saúde (DATASUS) do Ministério da Saúde, com homicídios ocorridos no período de 2017 a 2020 no estado do Ceará. A amostragem utilizada foi não probabilística, estabelecendo-se como critério de inclusão informações sobre indivíduos de ambos os sexos, residentes no estado do Ceará. Foi realizada análise da tendência temporal mensal a começar pelos gráficos de linhas e modelos de regressão segmentada de Poisson (joinpoint). Resultados: observaram-se 16.708 casos de morte por agressão, durante o período considerado, com 91,7% acometidos no sexo masculino. Em relação à faixa etária, o maior número de casos foi a de adultos jovens de 20 a 29 anos, com 50,1%. Conclusões: em 2020, houve aumento significativo nas taxas de homicídios, quando comparado aos três anos anteriores. No entanto, outros fatores podem ter influenciado o resultado para além do isolamento social

Palavras-chave


Homicídio; COVID-19; Epidemiologia; Isolamento Social; Mortalidade

Texto completo:

PDFA


DOI: http://dx.doi.org/10.12662/2317-3076jhbs.v10i1.4613.p1-6.2022

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2022 Journal of Health & Biological Sciences

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Compartilhar igual 4.0 Internacional.
Fale Conosco
Unichristus 2016. Todos os direitos reservados.