Neurorreabilitação com o Método Padovan® em recém-nascidos com síndrome alcoólica fetal: relato de 2 casos

Lilianny Medeiros Pereira, Danielle Correia Vileicar, Mirlla Michelle Alves Uchôa

Resumo


Introdução: Intervenções precoces podem moldar atividades cerebrais dependentes da neuroplasticidade. O Método Padovan® vem sendo estudado e utilizado como alternativa terapêutica na reabilitação de recém-nascidos com comprometimento neurológico, principalmente déficits de sucção. Relato do caso: Dois Recém-nascidos com diagnóstico de Síndrome alcoólica fetal apresentando irritabilidade e disfunção na sucção, em fonoterapia convencional sem melhora. Foram submetidos ao método uma vez ao dia, cinco dias por semana com ótimos resultados. Conclusões: O Método Padovan® foi eficaz no estabelecimento da sucção em três semanas e sua utilização mais precoce pode contribuir com menor tempo de internação.


Palavras-chave


Plasticidade Neuronal; Transtorno do espectro Alcoólico Fetal; Reabilitação neurológica

Texto completo:

PDFA


DOI: http://dx.doi.org/10.12662/2317-3076jhbs.v6i2.1769.p214-216.2018

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2018 Journal of Health & Biological Sciences

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Compartilhar igual 4.0 Internacional.
Fale Conosco
Unichristus 2016. Todos os direitos reservados.