A família, o cuidar e o desenvolvimento da criança autista

Silvio Eder Dias da Silva, Arielle Lima dos Santos, Yasmim Martins de Sousa, Natacha Mariana Farias da Cunha, Joel Lobato da Costa, Jeferson Santos Araújo

Resumo


Introdução: O Autismo é considerado como um transtorno global do desenvolvimento que se inicia antes dos três anos de idade. Caracteriza-se como uma síndrome comportamental de etiologias múltiplas que compromete o processo do desenvolvimento infantil. Objetivo: identificar o que se tem produzido na literatura científica sobre o cuidar em famílias de crianças com transtorno invasivo do desenvolvimento. Método: Estudo de descritivo com abordagrm qualitativa, sendo uma revisão integrativa. Resultados: permitiram identificar que as famílias têm grandes dificuldades em manter suas estratégias para o desenvolvimento do autocuidado de crianças com autismo. Foi identificada, neste estudo, a escassez de produção científica sobre autorias de enfermeiro acerca desta temática. Conclusão: A análise de dados aponta para as estratégias adotadas por pais e familiares cuidadores, em busca do desenvolvimento adequado da criança autista.


Palavras-chave


Transtorno Autistíco; Família; Psicologia social; Cuidar

Texto completo:

PDFA


DOI: http://dx.doi.org/10.12662/2317-3076jhbs.v6i2.1782.p334-341.2018

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2018 Journal of Health & Biological Sciences

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Compartilhar igual 4.0 Internacional.
Fale Conosco
Unichristus 2016. Todos os direitos reservados.