INTERNATIONAL NEW VENTURE, BORN GLOBAL E GLOBAL STARTUP: ANÁLISE DE PRODUÇÕES CIENTÍFICAS SOBRE OS BRICS

Erika Mayumi Kato-Cruz, Marcus Alexandre Yshikawa Salusse, Maria Inês Presrlak, Gustavo Yuho Endo

Resumo


O estudo de empresas, cujo processo de internacionalização ocorre de forma acelerada e imediatamente, ou em curto espaço de tempo, após a sua fundação, é crescente, com destaque para o recente aumento de empresas provenientes de países emergentes. A relevância econômica, social e política desses países, alinhada à crescente atenção de pesquisadores nas últimas décadas, levanta a pertinência do tema. Logo, o presente artigo tem como objetivo analisar a produção científica existente sobre born globals originárias de países emergentes, com enfoque nos países que compõem os BRICS (Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul). Trata-se de um estudo bibliográfico que se baseou em produções científicas da área, levantadas na base de dados do EBSCO e anais de eventos da Associação Nacional de Pós-graduação e Pesquisa em Administração (ANPAD). As análises apontam para a necessidade de aprofundamento teórico e empírico para o maior entendimento do fenômeno born global nos países emergentes.


Palavras-chave


International New Venture; Born Global; Startup

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.12662/2359-618xregea.v10i1.p106-122.2021

Direitos autorais 2021 Revista Gestão em Análise

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Compartilhar igual 4.0 Internacional.
Unichristus 2016. Todos os direitos reservados.