RESPONSABILIDADE SOCIAL INTERNA: ESTUDO DA GESTÃO DE PESSOAS DE UMA CONSTRUTORA DE FORTALEZA

Andriele Pinto de Amorim, Milena Cirino Capelo

Resumo


A responsabilidade social tem sido inserida nas organizações como resultado de mudanças sociais que as impactam fortemente. Nesse contexto, a gestão empresarial passa a ter engajamento em ações que visam minimizar os impactos socioambientais decorrentes do crescimento. No entanto, autores que debatem o tema da responsabilidade social chamam atenção para o fato de que a empresa sustentável busca um equilíbrio entre atuação externa e interna. Neste sentido, requer-se uma reflexão sobre como as empresas podem promover a responsabilidade social para os colaboradores. Este estudo propõe a reflexão acerca da relação gestão de pessoas e responsabilidade social interna, por meio de uma pesquisa qualitativa em uma empresa do ramo da construção civil do Ceará. As práticas de responsabilidade social interna foram apresentadas por integrantes três níveis hierárquicos da empresa e analisadas por um grupo de colaboradores operacionais. Constatou-se que existe na organização uma forte cultura voltada para a responsabilidade social, e que as práticas de gestão de pessoas são norteadas por seus princípios. A responsabilidade social é, dessa forma, um elemento pertinente para a vantagem competitiva da empresa.

 


Palavras-chave


Responsabilidade social; Responsabilidade social interna; Gestão de pessoas

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.12662/2359-618xregea.v5i2.p64-81.2016

Direitos autorais 2017 Revista Gestão em Análise

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Compartilhar igual 4.0 Internacional.
Unichristus 2016. Todos os direitos reservados.