As competências docentes na perspectiva da Geração Y: uma investigação entre estudantes do bacharelado em Administração

Valenna Cássia de Deus, Carlos André Corrêa de Mattos, José Augusto Lacerda Fernandes

Resumo


O objetivo da pesquisa foi analisar as competências docentes na perspectiva dos estudantes do bacharelado em administração da Geração Y e, com isso, identificar as características dos bons professores. A pesquisa classificada como exploratória e descritiva, foi feita na cidade de Belém-Pa, Brasil, sob forma de levantamento, e contou com 210 entrevistados em amostra não probabilística por acessibilidade. O instrumento de pesquisa foi o questionário, desenvolvido por Nogueira, Casa Nova e Carvalho (2012), e os dados foram tratados com estatística descritiva e multivariada. Os resultados da análise fatorial revelaram quatro fatores que explicaram 67,12% da variância e foram denominados como competência interpessoal, profissional, de técnicas de ensino e tecnológica. A análise de clusters formou cinco agrupamentos diferenciados principalmente pela competência profissional. A conclusão do estudo mostra elevada expectativa dos estudantes e necessidade de múltiplas competências para que os docentes sejam considerados bons professores.


Palavras-chave


Ensino Superior; Geração Y; Docência; Aprendizagem; Análise Multivariada

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.12662/2359-618xregea.v8i1.p55-70.2019

Direitos autorais 2019 Revista Gestão em Análise

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Compartilhar igual 4.0 Internacional.
Unichristus 2016. Todos os direitos reservados.