REPUTAÇÃO E CAPITAL SOCIAL COMO FATORES INFLUENCIADORES NO FUNCIONAMENTO DE UMA REDE DE SUPERMERCADOS

Cassiano de Andrade Ferreira, Luiz Marcelo Antonialli, Ernesto Michelangelo Giglio

Resumo


O objetivo do trabalho foi caracterizar a influência da reputação e do capital social dos associados/gestores no funcionamento de uma rede de supermercados. O tema é relevante, considerando o incremento do formato de redes nos negócios e da necessidade de se aprofundar o conhecimento dos fatores presentes na operacionalidade dos grupos. A pesquisa se caracteriza por ser qualitativa e descritiva. Investigou-se o caso da Rede Delta de Supermercados (nome fictício), e os sujeitos foram os associados/gestores. Os dados foram coletados por meio de entrevistas semiestruturadas, analisadas com a técnica de análise de conteúdo, considerando a narrativa como unidade de investigação. Os resultados mostraram que a variável de reputação é importante para o relacionamento entre os associados e que os participantes do grupo não querem se relacionar com associados/gestores, ou mesmo empresas que são percebidas como uma reputação ruim. O capital social construído pelos atores também se apresentou como variável importante na funcionalidade da rede, uma vez que aproxima os atores nos valores e nas ações. Um limite do trabalho é que não foi possível estabelecer uma clara associação entre a reputação e o capital social, deixando em aberto se essa associação teria um efeito multiplicador na ótima funcionalidade da rede. O artigo contribui para o aprofundamento do conhecimento dos fatores relevantes de funcionalidade das redes.


Palavras-chave


reputação; capital social; redes de empresas; supermercados

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.12662/2359-618xregea.v11i2.p57-76.2022

Direitos autorais 2022 Revista Gestão em Análise

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Compartilhar igual 4.0 Internacional.
Unichristus 2016. Todos os direitos reservados.