ATACAREJOS: MOVIMENTAÇÃO DE PRODUTOS E FECHAMENTO DE CORREDORES

Autores

DOI:

https://doi.org/10.12662/2359-618xregea.v11i1.p54-63.2022

Palavras-chave:

atacado de autosserviço, reposição de gôndolas, atacarejos, armazenagem

Resumo

Considerando a relevância do segmento de atacados de autosserviço (ou atacarejo) para o setor supermercadista, este caso discute os fatores de planejamento e execução de movimentação de produtos armazenados nas prateleiras na área de venda dos atacarejos, com foco principal no impacto gerado pelo fechamento dos corredores. Do ponto de vista didático, o caso pretende promover a interdisciplinaridade, sugerindo a integração de unidades curriculares como Gestão de Estoques, Marketing e Vendas, contribuindo para o desenvolvimento de uma visão crítica e pensamento empresarial pelos alunos. Dessa maneira, tanto sugestões práticas aos atacarejos relacionadas ao dinamismo e à eficiência da reposição de mercadorias, bem como um amplo escopo de discussões para os alunos, formam as entregas deste estudo.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2022-03-10

Como Citar

SOUZA, Naiara Fernandes Abreu de; BONIFÁCIO, Letícia Brasão; BASTOS, Thalita Emanuelle Farias; FREITAS, Vérica; PAULA, Verônica Angélica Freitas de. ATACAREJOS: MOVIMENTAÇÃO DE PRODUTOS E FECHAMENTO DE CORREDORES. Revista Gestão em Análise, Fortaleza, v. 11, n. 1, p. 54–63, 2022. DOI: 10.12662/2359-618xregea.v11i1.p54-63.2022. Disponível em: https://periodicos.unichristus.edu.br/gestao/article/view/4178. Acesso em: 17 abr. 2024.

Edição

Seção

Artigos