COMO APRENDEM OS ESTUDANTES E PROFESSORES DE UMA INSTITUIÇÃO DE ENSINO SUPERIOR: APLICAÇÃO DO INVENTÁRIO DE ESTILOS DE APRENDIZAGEM DE KOLB (1984)

José Adailton de Abreu, Josiete da Silva Mendes, Maria Edilene de Oliveira, Tatyane Veras de Queiroz Ferreira da Cruz, Wanderberg Alves Brandão

Resumo


Aprender e ensinar faz parte da vida do ser humano, constituindo essas ações como um complexo sistema de interação entre professor e estudante dentro do processo de ensino e aprendizagem. Com base nisso, este trabalho analisou como aprendem os membros de uma comunidade acadêmica baseado na teoria de Kolb por meio de uma pesquisa quantitativa descritiva transversal, processando os dados obtidos com o uso de técnicas estatísticas descritivas. Os dados apontaram que os discentes e docentes possuem, como estilo de aprendizagem predominante, o assimilador, estando mais envolvidos com modelos teóricos do que com a vivência prática. Acredita-se que a compreensão dos estilos de aprendizagem enriquece a prática acadêmica, viabilizando o aprendizado, de forma mais significativa, de acordo com o perfil dos estudantes. Ademais, considera-se que a sintonia entre os estilos de aprendizagem dos discentes e docentes parecem contribuir para o bom desempenho desses estudantes.


Palavras-chave


Estilos de Aprendizagem; Inventário de Kolb; Educação Gerencial

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.12662/2359-618xregea.v9i2.p114-125.2020

Direitos autorais 2020 Revista Gestão em Análise

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Compartilhar igual 4.0 Internacional.
Unichristus 2016. Todos os direitos reservados.